Tem dias em que muita coisa dá errado. E mexendo com coisas velhas e computadores enferrujados, esse dias são cada vez mais frequentes. Ontem foi um desses dias, em que tudo pifou, saiu até fumaça de um micro, um fio derreteu, um resistor virou vapor. O ferro de solda saiu da caixa de ferramentas mas não foi capaz de consertar nada por aqui. Só trouxe mais cheiro ruim.
Quando finalmente relaxei, me sentei para escanear uns slides. Dai a revolta tomou conta do Performa e o monitor se recusou a calibrar, travou, apagou e foi embora. Não voltou mais, nem ligou de novo, não quer mais mostrar nada.
O G3 ficou instável com a memória que eu adicionei a ele, tive que tirar fora. E tudo voltou a ser como a alguns dias atrás. Engraçado.

O melhor desse fim-de-ano repleto de bad computer days é que a Leica do meu bisavô voltou do conserto. O Celso fez ela voltar a funcionar. E agora estou fotografando de novo com ela. E isso é ótimo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s