Daonde eu deixei no último post.
A maioria dos que tinham e usavam médio formato já compraram suas “35mm digitais”, por falta de opção ou por falta de orçamento. O que eles vão fazer agora? Será que esse mercado de “médio formato digital” vai ser tão grande assim? Será que vão conseguir dividir o mercado novamente? Será que a Canon vai deixar, abandonar o chip de 16.7 MP ou seu sucessor ainda maior? Será que quem comprou backs digitais de 10 ou 20 mil dólares há um tempo atrás acha que se deu bem e pretende continuar investindo pesado no digital? Será que a Mamiya consegue lançar a ZD algum dia, a um preço que faça os fotógrafos voltarem a ter médio formato, equivalente ao da 5D, por exemplo?

Anúncios

4 ideias sobre “

  1. Andre P

    Gui, alguns comentários aqui de Londres.
    Eu acho que a Mark III que saiu não e’ a sucessora da Mark II de 16 mp, mas sim a nova versão da camera para fotojornalismo. Acho que são duas cameras diferentes.
    Quanto ao medio formato digital, aqui esta’ bombando. Fotografo que faz publicidade ou moda usa back medio formato. Muitos alugam, mas muitos compram (com financiamentos razoaveis nos bancos).
    Agora a ZD nunca vi ninguem usando.

    Resposta
  2. Guilherme Maranhão

    André, claro que são duas câmaras diferentes, mas se uma é a Canon 1Ds Mark II e a outra a Canon 1Ds Mark III, logo uma é a sucessora da outra, caso contrário haveria um novo nome de modelo.
    A ZD ninguém nunca viu mesmo, só em foto, ou melhor, ilustração 3D!

    Resposta
  3. andré

    Gui, eu me expressei mal. Se vc olhar no site da BH, vai ver que existe a 1DS Mark II de 16 mp e a 1D Mark II de 8 mp (que é mais rápida que a 1DS – 8 fps, mas tem um sensor tamanho aps). A nova que saiu é a 1D Mark III (tb com sensor menor) e não a 1DS. Logo não da pra saber o número da mp da nova 1DS.

    Resposta
  4. Guilherme Maranhão

    De fato, eu conferi umas cinco vezes no dpreview antes de fazer o post, mas eu podia jurar que se tratava de uma sequência do modelo 1Ds. Não percebi a ausência do s. Isso acaba com toda a minha linha de raciocínio, que furo meu!
    Aniuei, enquanto o dpreview faz um artigo de 2 páginas dizendo que não há novidades interessantes na PMA, uma revista de papel brasileira solta um artigo de 8 páginas com todas as novidades imperdíveis da PMA, é tudo ponto de vista.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s