Experiências na música eletrônica

Na música, a criação de conteúdo a partir de um computador nasceu muito rápido, o que talvez se deva ao fato de ser uma informação bidimensional. Hoje em dia os tais 3Ds estão ficando tão próximos das fotografias, ou melhor, do que é aceito como a representação em 2D do mundo que conhecemos, que já é muito comum não fotografar algo, mas sim usar uma imagem gerada dentro de um computador que simula uma fotografia.

Quem não se lembra dos sintetizadores. Isso foi o meio termo antes do computador pessoal simular o instrumento musical: o sintetizador era um pequeno computador que simulava apenas alguns intrumentos. O som dos sintetizadores era muito peculiar, o que hoje virou cult. Hoje em dia é fácil fazer download de programas que simulam sintetizadores de sons antigos. A simulação da simulação.

Pensando em como esse conhecimento se aplicaria à fotografia, imaginei criar uma música, pensando que poderia ser uma fotografia. Não tem a menor graça, até porque eu não sei nada de música, a não ser ouvir. Baixei o Rebirth, que simula o sintetizador TB-303.

Anúncios

2 ideias sobre “Experiências na música eletrônica

  1. Guilherme Maranhão Autor do post

    Danos permanentes é só a maneira como você vê a coisa. Certas coisas podem não se danos, mas modificações. A gente não gostaria de ter modificações feitas à câmaras que são nosso ganha pão, dai a necessidade de buscar alternativas, outros aparelhos, mais baratos e não importantes no nosso dia-a-dia.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s