Performance ou coincidência

Essa foto eu fiz num museu em Hamilton, no Canadá. Esse trabalho me deixou enlouquecido.

A técnica da aquarela tem um jeito de lidar com a noção que temos de positivo e negativo (como na fotografia), porque a a transparência da aquarela permite pintar o fundo, deixando o branco do papel transparecer.

Esse figura encontrou um jeito de mudar a madeira, trabalhando no negativo, como se faz quando se cria uma matriz de xilogravura, mas com fogo. As chapas de compensado estavam chamuscadas enegrecidas, a raspagem desse enegrecido deixava transparecer a cor da madeira. E os dois garotos apareceram na hora certa, ou talvez eles ficassem lá o tempo todo e eu não tenha me ligado que eles faziam parte da obra, afinal era coincidência demais.

Anúncios

2 ideias sobre “Performance ou coincidência

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s