Arquivo da tag: Ampliador

Aguardando projetos 

Tem dias que o trabalho na verdade é organizar as ideias e as coisas que aguardam ideias. 


Esse De Vere 504 veio em pedaços, eram três e eu já contei essa história aqui. Um virou um novo ampliador 5×7″, um é apenas uma coluna guardada e esse é o que foi montado com as melhores peças dos três e está quase completo. Encostado aqui ele aguarda um projeto. 

Já os tripés de teodolitos estão perfeitos, limpos e lubrificados. Pretendo um dia adaptá-los para câmeras de grande formato. 

De Vere 504 + Elwood 5×7″ • Teste

Escolhi um negativo com detalhes nos quatro cantos e instalei a 150mm f/9 G-Claron. 


Estranho o começo com as duas manoplas do De Vere, mas logo passou. Levei a cabeça até a altura máxima, o negativo 5×7″ projetava imagem de 60x84cm na mesa. 

Reduzi para 30x40cm e puxei uma folha de papel velho e meio velado. 


Uma imagem de placas de circuitos impressos, 10s, f/16, estava tudo lá. 

De Vere 504 • Conversão para 5×7″ parte II

Ok, então vamos lá, essa é a peça que vai servir de apoio para a cabeça do Elwood e que ficará sobre a coluna do De Vere.

Depois do spray preto ficou assim e já a peça do Elwood no lugar agora que foi cortada. Detalhe dos parafusos dourados por dentro prendendo as duas coisas juntas. Depois pintei isso também. O mesmo vale para o bloco de madeira na traseira, foi pintado também.

Parece que deu certo, então fui adiante.

A pior parte foi transportar tudo de volta para o laboratório, mas o espaço estava lá vazio e coube tudo direitinho. Aqui a coluna no lugar, aguardando a montagem final.

Montei as peças do Elwood no lugar e a mola do Elwood que estava instalada na coluna no lugar da mola original aguentou o peso da cabeça muito bem.

Uma visão lateral para mostrar os últimos detalhes da montagem.

De Vere 504 • Conversão para 5×7″ parte I

A idéia era antiga, transpor a cabeça do Elwood para um coluna menos problemática.

Comecei a juntar alguns pedaços de madeira e alumínio. Usei uma tupia manual para vazar as placas de compensado que formarão uma extensão. As peças de alumínio servirão para prender essa extensão na coluna.

Uni as duas peças de alumínio com rebites e ameacei na posição para essa foto.

Aqui as placas já formam um bloco que está sendo colado com epóxi no alumínio para facilitar o alinhamento na hora de aparafusar e unir os dois materiais.

A peça inferior da cabeça do Elwood ainda será cortada (nas linhas azúis) para alinhar os furos.

Aqui o problema visto de outro ângulo. Também dá para ver a altura que o bloco ficou, 50mm ou 5 pedaços de compensado de 10mm.

De Vere 504 • um trio de colunas

Fui encumbido por uma amiga para resgatar 3 De Veres desmontados e quem sabe fazer um bom para ela. O projeto já está rolando e vou tentar contar algumas soluções e perrengues que eu encontrei aqui. 

Três ampliadores e apenas um lensboard, um problema. Tanto ela como eu usamos Durst também. Então desenvolvi um adaptador aproveitando um suporte Durst original cortado para caber no De Vere. 


Cortei na tico-tico, não repara. 

Interessante perceber que as três colunas tem design interior totalmente diferente. Cada uma de uma época, com um cabeamento diferente. Os cabos ligam os contrapesos nas manoplas de controle sob a mesa. 


Desmontar e montar isso é um desafio. Para completar os parafusos do ampliador inglês são raros e encontrar substitutos tem se mostrado complicado. Por outro lado o fole fica preso com velcro no lugar, genial!


Os filtros da cabeça cor correm em pinos de latão com cortes. Esse ampliador foi tão usado que os filtros foram afundando os cortes até que os filtros cairam dos pinos de cima. A solução foi girar os pinos  e encontrar pontos onde eles ainda estavam novos, depois colocar um pouco de graxa para amenizar o desgaste. 

Teste • LED RGB no ampliador 8×10″

Hoje expus duas folhas de Multigrade Fibra brilhante a uma imagem aqui. Para usei só LEDs azuis (esquerda), para a outra os verdes (direita). Não testei, mas ainda existem 5 misturas possíveis entre esses dois extremos. 

 

LED RGB no ampliador 8×10″

Descobri que as fitas de LEDs RGB vm acompanhadas de controles remotos que fazem eles mudarem de cor e que mesmo quando a corrente elétrica é cortada e volta, eles possuem memória e mantem a cor selecionada anteriormente, ou seja, são perfeitos para uma cabeça colorida ou multicontraste de ampliador.


Nesse primeiro teste a luz não ficou uniforme, mas já mudei o caminho dos fios e consegui melhorar a situação. Luz verde deve dar baixo contraste com os papéis de contraste variável e luz azul faz o alto contraste.

 


Ainda aguardo encontrar um pedaço de isopor para rebater os cantos e uniformizar a luz nas beiradas do negativo.