Arquivo da tag: Lixo e Sucata

Os alemães devem ter uma solução mais elegante

 

Mas o fato é que na hora de juntar essa Technika III a partir de uma caixa de sucata, ficaram faltando as dobradiças da tampa. Elas são incorporadas à tampa em si, mas haviam sido removidas com uma lima provavelmente.

Essa dobradiça de R$1,20 serviu muito bem no espaço existente, com medo de que ela não aguente o dia-a-dia da Technika, usei Super Bonder para os parafusos ficarem bem firmes e Araldite no espaço entre a dobradiça a base preta, para pressionar esse lado da dobradiça no lugar.

Removi todo o resto de couro e de cola dessa Technika e ela é só alumínio! Algumas peças não combinam perfeitamente já que provém de diferentes versões da câmera.

Anúncios

Campus Party • preparação

Separando imagens de sucata e lixo para levar numa apresentação do Campus Party.

ecp008w

A idéia é criar um workflow de equipamento obsoleto para gerar essas imagens. Digitalizei fotos em papel e negativo, juntei com outras digitais, transformei tudo em PB imprimindo em filme TMax 100 vencido pelo Palette. Agora vou ampliar em papel PB dos anos 70.

ecp001w

Aproveitando isso estou fazendo alguns testes para calibrar o Palette de uma maneira externa, já que o calibrador dele se foi. Para isso estou reduzindo a quantidade de preto nas imagens, usando o comando Curves do Photoshop. Estou imprimindo as imagens duas vezes, tentando achar o ponto ideal para essa redução. O input 0 (zero) está virando output 30 e 60. Os negativos que tiverem os melhores detalhes de sombra revelarão a melhor maneira de usar o Palette.

ecp003w

Novidades no Pegue Um Deixe Um

O que temos de novo no Pegue Um Deixe Um essa semana:

-Scanner Genius porta paralela (funciona com Win XP), fonte e cabos

-CD-ROM 56x Acer, IDE, interno, 5 1/2″

-Flash Mirage Pz2*44 completo com braço

-monitor Apple 15 AV db-15 funcionando ok

-teclado Apple Pro Keyboard branco português Ç

-monitor Sony 17 210SF semi plano vga meio escuro

-jogo teclado e mouse Apple Design

-teclado Apple Pro ADB, ajuste de altura, pesadão

-18 mídias Zip 100

-2 pentes EDO 168 pinos 32Mb

-Um módulo de 16Mb para Powerbook 5300, Dois módulos de 8Mb cada para Powerbook 1400

-18 pentes de EDO 144 pinos de 4 a 16Mb

-2 pentes DDR originais Mac Mini 256Mb cada

-2 placas mãe 8500, 1 processador, memórias (muitas), 3 fontes, cache, memória vídeo

-scanner scsi microtek scanmaker II e adaptador de transparência (lâmpada
nova, só os9)

-scanner canon 660 usb com adaptador para 35mm (rola com Sane e com Vuescan em
osX)

-scanner astra 1220s scsi com adaptador para transparência (só os9)

-scanner de mão genius Easy Scan/Color Deluxe e placa
isa dedicada (vai que vc tem um pc rodando win98)

-Scanner Genius porta paralela (funciona com Win XP), fonte e cabos

-gravador de cd scsi externo/interno Micropinnacle

-HP Laserjet 4p, imprime e falha, imprime e falha

-2 monitores CRT de 15 polegadas LG bacaninhas

-ATI all-in-wonder captura e saída de vídeo, mais tv e vga para win98 (não rola no mac)

-Filtros para fotografia: 85B 52mm, F-DL 52mm, 80B 52mm.

-Vários disquetes antigos e novos, HDs de laptop, vários!

Pelo centro

Post sem imagens. Comecei o dia no cartório. Se você é brasileiro, nada adianta, você acaba tendo que ir resolver coisas lá. Depois fui levar minha inscrição no prêmio/concurso. Na esquina da Helvétia com a Barão de Limeira vi um motoqueiro no chão. Vi o homem em pé ao seu lado com um celular em uma mão, na outra uma pistola. Um estalo, o estampido logo antes da esquina era um tiro. O motoqueiro não era acidentado, era baleado, porquê? Imóvel. Entreguei minhas fotos (pensando porquê?). Fui atrás de mídias digitais virgens, discos rígidos, material de trabalho. Em todas as bancas via a foto da capa do jornal, o soldado, o cessar fogo. Descobri a cara que tem um Silicon Graphics, chamam de estação de trabalho, mas não passa de um computador. Vasculhei lojas de sucata (pensando porquê?). Lojas de fotografia. Almoço. Mais sucata. Para encerrar me deixaram ver o ensaio da orquestra, Carmina Burana, o que foi aquilo? Uma alternância de passagens suaves, fortes, contraste impressionante. Em certo momentos alguns instrumentos tem a chance de tocarem sós, para toda a sala, debelando sozinhos o silêncio. É verdade que um ensaio é cheio de pausas, por outro lado você tem a chance de ouvir o mesmo trecho sendo tocado diversas vezes com pequenas diferenças aqui e ali. Bom para aprender (e eu pensando porquê?). O caminho de volta foi pelas mesmas ruas das lojas de sucata, que nesse horário tinham mudado, o contraste tão intenso da peça clássica agora parecia bem pequeno. Esse contraste, da Rua do Triunfo depois das 20h, talvez seja o porquê. Um deles.

A Última Ceia

Última Ceia

Uma foto já do fim do ensaio, quando a minha última ceia já havia sido quase toda desmontada. Nos fundos do supermercado perto de casa apanhei um pacote do lixo contendo vários cutouts de papelão que viraram meus apóstolos.